buscar
´

Foz do Iguaçu, uma grande cidade de uma importância maior ainda

Foz do Iguaçú, no Brasil, é um município que fica no estado do Paraná e é muito conhecido por sua encantadora Garganta do Diabo, e mais quase trezentas quedas d’água que por incrível que pareça, são inesquecivelmente belas e extremamente úmidas, cercadas por fauna e flora exuberantes, igualmente contemporaneamente raros.

Viagem
1 ano atrás
Foz do Iguaçu, uma grande cidade de uma importância maior ainda

Entre as mais importantes atividades do município, o turismo aquece o comercio local ajudando alavancar prestações de serviços na região; e a geração de energia elétrica também se destaca. Posso até arriscar que está entre os roteiros preferidos entre turistas estrangeiros.

A cidade é bastante famosa por conta de suas atrações turísticas que são basicamente duas:

  • Cataratas do Iguaçu, no Parque Nacional do Iguaçu;
  • Hidrelétrica Binacional de Itaipu (maior hidrelétrica do mundo em produção anual de energia).

Mas, como toda cidade turística, tem seus convenientes. Porém, Foz tem mais uma: conhecer e comprar mercadorias com preços mais acessíveis em Ciudad del Este, no Paraguai. O ano todo recebe comerciante que se deslocam até a cidade vizinha para comprar grandes volumes a serem comercializados no Brasil. Passando por Foz apenas para dormir. Tem mais atrativos, como as cataratas dividem fronteiras, é possível chegar ao outro lado para conhecer o lado argentino das famosas quedas; e claro, para quem gosta de cassinos, poderá frequentá-los depois das fronteiras, afinal a atividade não é permitida no Brasil.

Dentre as grandes atrações de Foz do Iguaçu estão:

Parque das Aves (foto: Alan Corrêa)
Parque das Aves (foto: Alan Corrêa)

  • Conjunto de quedas – Cataratas do Iguaçu, no Parque Nacional do Iguaçu (Patrimônio Mundial Natural da Humanidade tombado pela UNESCO),
  • Hidrelétrica Binacional de Itaipu (maior hidrelétrica do mundo em produção anual de energia),
  • Marco das Três Fronteiras, a foz do Rio Iguaçu no Rio Paraná (área onde as fronteiras da Argentina, Brasil e Paraguai se encontram),
  • Ponte Internacional da Amizade (divisa entre Brasil e Paraguai),
  • Ponte da Fraternidade (divisa entre Brasil e Argentina), o Parque das Aves (com aproximadamente 900 aves de 150 espécies).

Então se você pretende conhecer a cidade paranaense, vale a pena conhecer estes pontos turísticos para tirar fotos e ter muitas memórias de recordação.

Agora, se o que você gosta mesmo é de comer, o prato típico por lá é o Pirá de Foz, mas o Dourado (peixe de escamas encontrado no Rio Paraná) também é bastante apreciado quando está assado, um prato de evidente sucesso e bastante típico também porque todos os anos há uma competição que se chama Concurso do Dourado Assado. Há certo destaque para a culinária libanesa, afinal são muitos os estabelecimentos do segmento.

As quedas somam-se em cerca de 275 quedas de água no rio Iguaçu, é uma área de reserva localizada entre o Parque Nacional do Iguaçu, Paraná, no Brasil, e o Parque Nacional Iguazú em Misiones, na vizinha Argentina, a reserva faz fronteira com ambos países somando uma área total de 250 mil hectares de floresta subtropical, considerada Patrimônio Natural da Humanidade.

Um parque, uma reserva, um cantinho bem guardado no mundo

O parque, pelo lado argentino nasceu em 1934, do lado brasileiro foi inaugurado somente cinco anos mais tarde, em 1939. O objetivo da reserva é preservar e administrar o manancial de água ali envolvida e todo o seu conjunto do meio ambiente que está em seu entorno. Toda a reservam tanto brasileira quanto argentina são considerados considerados Patrimônio da Humanidade a entre 1984 e 1986, um e outro. Vale ressaltar que desde 2002, o Parque Nacional do Iguaçu é um dos sítios geológicos brasileiros, veja que importância tem esse lugar!

Garganta do Diabo (foto: Alan Corrêa)
Garganta do Diabo (foto: Alan Corrêa)

Iguaçu é mais ampla das cataratas mundiais, como já foi dito, ela é dividida em cerca de 275 discretas quedas d’água somadas a grandes ilhas, sendo Victoria, a maior cortina de água no mundo, com mais de 1.600 m de largura e mais de 100 m de altura. Muitas cataratas apresentam entre 30 e 150 metros na Garganta do Diabo, nas Cataratas Vitória alcançam mais de 300 m, mas a vista de Iguaçu é inigualável, seu formato permite vistas espetaculares, o que é irradiante é que há um exato ponto em que uma pessoa pode estar cercada em 260 graus por belíssimas cachoeiras. Na Garganta do Diabo, oferece uma vista de quedas d’água por três lados. Bem como, Iguaçu é dividida por árias pequenas quedas, é possível apreciá-las uma a uma, cada porção por vez. Em Vitória já não é possível, como é forte demais por cair num cânion é quase impossível apreciá-la ao mesmo tempo a menos que haja possibilidade de vê-la pelo ar.

Belmond Hotel das Cataratas (foto: Alan Corrêa)
Belmond Hotel das Cataratas (foto: Alan Corrêa)

Uma beleza que não se compra, que se mantém

Para quem gosta de curiosidades, nosso destino, precisamente as Cataratas do Iguaçu, chegou a ser selecionada como uma das sete maravilhas naturais do mundo, organizada pela Fundação New 7 Wonders. Ela ficou entre as 28 finalistas da campanha, concorrendo também com a uma das vencedoras: Floresta Amazônica.

Alguns turistas chegam as quedas do lado argentino pela cidade de Puerto Iguazú. O Brasil e o Paraguai exigem de alguns turistas que entram pela Argentina a obtenção de vistos, ou seja, cidadãos da América do Norte que seguem da Argentina para o Brasil para ver as cataratas, precisam pedir pessoalmente seu visto no consulado brasileiro que fica na Argentina, na cidade de Puerto Iguazú.

Aeroportos de acesso

Ao todo são dois aeroportos disponíveis e internacionais que dão acesso às Cataratas. Ambos são relativamente distantes das Cataratas do Iguaçu e cidades vizinhas de Foz do Iguaçu, no Brasil, e Puerto Iguazú, na Argentina.

  • Aeroporto Internacional de Foz do Iguaçu (IGU) – Brasil.
  • Aeropuerto Internacional Cataratas del Iguazú (IGR) – Argentina.

Um paraíso de dupla cidadania

É possível apreciar as quedas de águas dos dois lados:

  • Foz do Iguaçu, no estado do Paraná, no Brasil,
  • Puerto Iguazú, na província de Misiones, Argentina,

E pode ser vista também da Ciudad del Este, no Paraguai, do outro lado do rio Paraná. Por isso é mundialmente conhecido como o Marco das três Fronteiras. Ambos os parques foram nomeados como Patrimônio Mundial da UNESCO na década de 80.

  • Parque Nacional del Iguazú (Argentina)
  • Parque Nacional do Iguaçu (Brasil).

Pelo lado brasileiro das cataratas há uma passarela ao longo do cânion feita para apreciar toda aquela vista incrível te inspirar com uma extensão até a base de baixo da Garganta do Diabo. Do Aeroporto de Foz do Iguaçu é possível chegar ao parque por táxi ou por ônibus local fora veículos de passeio ou turismo. Para os desavisados, é cobrada uma taxa de entrada no parque e ônibus transitam gratuita e frequentemente por todo o perímetro. A cidade de Foz do Iguaçu fica a aproximadamente 20 km de distância do aeroporto que fica entre o parque e o centro da cidade.

Já o acesso pela Argentina fica mais facilitado por conta do Trem Ecológico que carrega visitantes para a entrada da Garganta do Diabo, para trilhas superiores e inferiores também. O Paseo Garganta del Diablo é uma trilha de 1 km de extensão que permite ao visitante chegar diretamente sobre as quedas da Garganta do Diabo. Enquanto há outras passagens que permitem o acesso a um pedaço do caminho alongado de quedas do lado argentino, fora a balsa que faz o elo para a ilha de San Martin.

Sobre o Parque Nacional e sua delicada reserva

Parque Nacional do Iguaçu é uma área protegida brasileira, do grupo das Unidades de Conservação. Fica a 17 km do centro da cidade e 5 km do Aeroporto Internacional de Foz do Iguaçu, se encontra na região Extremo Oeste do estado e é administrado pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio). Precisa de cuidados afinal, é um pouco do que nos restou da Mata Atlântica, que foi reduzida a apenas 7,3% de mais de 1,3 milhão de km² de extensão.

O parque é capaz de conservar um dos maiores trechos da vegetação original da ecorregião da Floresta Atlântica do Alto Paraná, atualmente somando menos de 5 % de sua cobertura original, por todo o país segundo dados da Fundação SOS Mata Atlântica. A biodiversidade de fauna, foi capaz de registrar 257 espécies de borboletas, mas pode ter três vezes estes números. Foram catalogados segundo o IBAMA:

  • 45 mamíferos,
  • 12 anfíbios,
  • 41 serpentes,
  • 8 lagartos,
  • 18 peixes,
  • 200 espécies de aves.

O Parque Natural é composto por espaçoes entre 14 municípios no Brasil:

  • Foz do Iguaçu,
  • Medianeira,
  • Matelândia,
  • Céu Azul,
  • São Miguel do Iguaçu,
  • Santa Terezinha de Itaipu,
  • Santa Tereza do Oeste,
  • Capitão Leônidas Marques,
  • Capanema,
  • Serranópolis do Iguaçu.

O Parque Nacional do Iguaçu também tem uma repleta preservação da vegetação da selva subtropical com 2 mil espécies de plantas e 400 de aves.

O passeio oferece dois tipos de trilhas – o Inferior e o Superior.

Circuito Inferior

As passarelas nos levam para o mais baixo possível, sendo possível sentir as quedas d’água

Circuito Superior

Parte que fica sobre as quedas de água.

Belmond Hotel das Cataratas (foto: Alan Corrêa)
Belmond Hotel das Cataratas (foto: Alan Corrêa)

Para atender todas as idades, os convidados contam com uma espécie de elevador panorâmico. E para os mais aventureiros, podem passear de botes pelas cataratas pelo Macuco Safari que oferece Rafting e tiroleza. Para quem curte sobrevoar, tem a opção de embarcar num helicóptero. E para os que curtem uma pedalada, pode fazer trilha de bike. Opções disponíveis também pelo Hotel das Cataratas – Hotel Belmond.

Fora as atividades do parque, há atrativos como:

  • Centro de Visitantes,
  • Zoológico,
  • Linha Martins,
  • Parque das Aves,
  • Trilha do Poço Preto,
  • Salto do Macuco,
  • Trilha da Bananeiras,
  • Praça e Estátua de Santos Dumont (homenagem feita pela VASP ao “Pai da Aviação”, que usou todo seu prestígio junto ao Governo do Estado do Paraná na transformação da Área das Cataratas do Iguaçu num Parque Nacional)

É importante comentar que toda a exuberante riqueza natural que o Parque abriga segue em permanente ameaça, o que exige medidas enérgicas de educação ambiental e sensibilização social, fiscalização rigorosa de autoridades competentes e aplicação exemplar da legislação adequada. A caça, a extração do palmito-juçara, a retirada de madeira e lenha, o uso de agro-tóxicos próximo a rios que adentram o Parque, o desmatamento da mata ciliar, são ações ilegais e afetam profundamente todo o equilíbrio do ecossistema local. Desde 2002 o Parque Nacional do Iguaçu é um dos sítios geológicos nacionais.

Brasil tem mais uma empresa aérea low cost
O Brasil tem mais uma empresa aérea low cost operando para o país. A companhia argentina Flybondi realizou seu voo inaugural nesta sexta-feira (11/10), saindo de Buenos Aires e...
Calcule distância entre cidades e saiba como traçar rota para viagem de carro
Para fazer um bom passeio seja com quatro rodas ou duas, você precisa antes traçar a rota que pretende seguir, calcular a distância e programar os pontos de parada da viagem,...
Alter do Chão, o Caribe amazônico
Na região Oeste do Pará, a 38 quilômetros de Santarém, está o pequeno vilarejo de Alter do Chão. A comunidade tem hoje pouco mais de seis mil habitantes e é banhada pelo...
O que falta para o turismo no Brasil
O mundo viaja cada vez mais segundo relatório do World Travel &Tourism Coincil (WTTC ) de 2016 onde mostra que o turismo cresce mais do que a economia global em 5 anos...
Descubra lugares para ir viajar nos feriados de 2020
São pelo menos 10 feriados prolongados para fazer uma viagem, ou então apenas sair para algum lugar diferente e aproveitar. Confira os dias de feriados nacionais e desde já se...

O Fusne é um site para quem ama internet, nós somos especializados em testar apps e tudo mais que envolve tecnologia. O que você vai encontrar por aqui é escrito por humanos, que vivem fazendo compras online, assim como você, então entende as suas dificuldades e felicidades nessas horas. O material do Fusne é testado várias e várias vezes pela equipe...